Pesquisar este blog

3 de nov de 2012

A Felicidade Não Se Compra


Uma delícia reviver esse clássico do cinema. Um filme de 1946, alguns antos antes sequer de imaginar que eu estaria vivendo nesse planeta, e até hoje tão atual... Nasci, cresci e me tornei fã de James Stewart e nesse filme, o sorriso maravilhoso dele nas cenas finais me mostraram como esse homem era lindo. Atuava bem, aparentemente foi bem casado e, segundo as informações, sempre foi um homem do bem.

Vale a pena rever sempre esse filme, que contra todas as probabilidades, se tornou um clássico natalino. Pelas belas atuações, e também pelas lindas mensagens que nos passa.

Se pudéssemos ter um pouquinho sequer da consciência do quão intensamente tocamos a vida das pessoas a nossa volta, talvez, quem sabe, procuraríamos agir de maneira mais coerente.

Mas, isso não acontece, por que como numa novela, nos achamos enredados em nosso mundo interior, em nossos anseios e desejos,e  não enxergamos o bom que fazemos aos outros; mesmo quando pensamos que estamos fazendo exatamente o contrário.

O título do filme em inglês é "It's a wonderful life", que teve como tradução nos cinemas do Brasil "A Felicidade Não Se Compra" e em Portugal "Do Céu Caiu uma Estrela".  Mas prefiro me ater a tradução literal do título do filme: "Esta é Uma Vida Maravilhosa", exatamente por que fazemos parte dela, é a nossa vida, junto com a vida de outras pessoas, e tudo isso junto torna a nossa existência uma dádiva do Pai, para que possamos aprender a viver, a conviver, a reviver, e reavivar a Vida desde a mais tenra idade.

Namastê. O Deus em mim saúda o Deus em você.

0 Comments: